segunda-feira, 26 de maio de 2014

Intoxicação

Por
Aloísio Pacini Tostes 
Bonfim Paulista – Ribeirão Preto SP


Processo repentino oriundo de ingestão de alimentos deteriorados ou de contato com agentes poluentes como, por exemplo, ambiente sem ventilação (quente com pouco oxigênio) os inseticidas, desinfetantes e cheiro de tintas e de cigarros.   Cuidado com o Teflon, a fumaça ou cheiro desse material mata de forma imediata. 

Os sintomas podem ser tontura, descoordenação dos movimentos, salivação intensa, convulsão (a ave treme e cai de costas freqüentemente), lacrimejamento e perda total do apetite, problemas digestivos, urinários etc.


Esse mal mata a ave rapidamente, dependendo da intensidade e da quantidade de produto absorvido e do tipo do produto. Pode-se salvá-la, se agirmos prontamente, ou, do contrário, terá morte imediata.

Primeiramente, com ajuda de um médico-veterinário, reconhecer o agente intoxicante, pois alguns têm antídoto conhecido, e retirar as aves do contacto com a substância causadora.

Fornecer muito líquido para a ave, acompanhado de antitóxico ou soro hidratante. Não colocar sal, pois pode reter água no organismo. Manter alimentação mais leve e de fácil ingestão e digestão.


--
Fonte: Lagopas - Disponível em: http://www.lagopas.com.br/dicas.htm. Acesso em: 22 de set. de 2013.

Um comentário :

  1. OLÁ BOM DIA ! MINHA DUVIDA E SE JORNAL E REVISTAS SÃO PREJUDICIAL A SAÚDE DAS AVES ? AGRADEÇO MUITO A RESPOSTA !!!

    ResponderExcluir