domingo, 4 de dezembro de 2016

A importância dos Raios UV para as aves

Por
Dr. André Salabert

Olá amigo leitor, hoje iremos tratar de um tema não muito abordado quando o assunto é aves, isso porque não lhe é dada a devida importância, trataremos sobre os raios UV na criação de aves. Será que é importante? Quais são as fontes? Para que serve? Serão perguntas respondidas ao longo do artigo.

Primeiramente iremos abordar as funções dos raios UV nas aves. Quando pensamos nisso lembramos logo da vitamina D, e sim esse é um dos grandes motivos da necessidade desses raios nas aves, mais precisamente os raios UVB. Porém nelas o processo é um pouco diferente do que acontece na maioria das espécies, o mais comum no reino animal é que se tenha a síntese da vitamina D em D3 através da exposição da pele a luz solar, que é a fonte mais comum de raios UVB. Nas aves esse processo ocorre de maneira diferente, já que elas possuem a pele recoberta por penas, por conta disso desenvolveram um mecanismo próprio. Funciona assim, a glândula uropigial, que é responsável por secretar um liquido que impermeabiliza as penas, solta junto com esse liquido uma pré vitamina D3, uma vez que a ave passa o impermeabilizante nas penas ele é exposto a luz solar e consequentemente aos raios UVB, em seguida a ave acaba por ingerir uma pequena quantidade desse liquido quando vai se impermeabilizar novamente ou arrumar as penas, uma vez dentro do organismo acaba de ser sintetizado em vitamina D3 pelo fígado e rins.

A vitamina D3 é fundamental para a manutenção do esqueleto da ave, portanto isso por si só já seria um grande motivo para que sejam expostas aos raios UV. Porém não é o único, existe outro do qual quase não se é comentado. Nós seres humanos possuímos 3 tipos diferentes de celular no nosso olho, chamadas cones, no nosso caso existem 3 tipos diferentes, e eles captam as cores vermelho, verde e azul, formando assim uma visão tri cromática, possibilitando que com a mistura dessas cores nos possamos formar diversas cores. Já as aves possuem além desses 3 cones um quarto, esse por sua vez consegue captar a radiação UV, e alguns estudos apontam ainda a possibilidade de um quinto tipo de cone, esse diferenciaria dois tipos diferentes de radiação UV, ou seja as aves possuem comprovadamente uma visão tetra cromática, ou até possivelmente penta cromática. Isso significar dizer que elas tem a possibilidade de enxergar uma gama muito maior de cores do que o olho humano, porém isso só ocorre se elas tiverem o acesso aos tais raios UV.

Mas no que isso vai influenciar na vida das aves? Imagine uma ave que não possui dimorfismo sexual, ou seja, fisicamente macho e fêmea são iguais, não possuindo diferenças nem anatômicas e nem de coloração por exemplo. Agora imagine que essa ave é toda preta, ou toda branca aos nossos olhos, pode ser que para a ave ao ocorrer a incidência de raios UV nas penas exista a possibilidade delas enxergarem outros tons de cores, fazendo assim com que elas tenham a capacidade de diferenciar machos de fêmeas através do visual, enquanto que pra nos todos são iguais. Isso é fundamental para a reprodução da espécie e de suma importância que seja de conhecimento dos criadores. E como se não bastasse posso destacar mais um motivo, seria a alimentação, alguns alimentos quando expostos aos raios UV podem apresentar cores mais vivas, ou ate diferentes tons de cores quando vistos pelas aves, podendo assim influenciar na ingestão ou não deles.

Agora que já sabemos da importância dos raios UV temos que saber onde consegui-los. A principal fonte está ao acesso de todos durante 12 horas do dia além de ser de graça, é o famoso sol. Para as aves o ideal é que esse banho de sol ocorra no período da manhã, por volta das 8 horas. Além disso cuidados como manter sempre opção de sombra para a ave e não deixa-la por longos períodos exposta ao sol devem ser tomados. É importante saber que os vidros ou acrílicos impedem a passagem dos raios UV, portanto a incidência dos raios solares devem se dar sem essas barreiras. Se não houver essa possibilidade temos a disposição lâmpadas especiais para aves, as quais liberam esses raios, mas cuidado pois lâmpadas semelhantes utilizadas para repteis não servem e podem inclusive trazer prejuízos a saúde do animal.

Espero ter ajudado a todos com essas informações, e caso alguma dúvida ainda permaneça estamos a disposição abertos diariamente 24 horas por dia na Rua do Matoso, número 65, Praça da Bandeira, RJ. Estamos presentes também nas redes sociais, procure por Birds e Cia.

Nenhum comentário :

Postar um comentário