domingo, 22 de maio de 2011

Seu passarinho está com fome?
A chamada "Fome Oculta" também atinge os pets exóticos e silvestres.

Domingo, 22 de maio de 2011

A partir da década de 80, houve um crescente aumento na ingestão de alimentos. Ao mesmo tempo, os problemas de saúde relacionados ao excesso e falta de nutrientes também aumentaram. Isso ocorre porque os alimentos são oferecidos de forma indiscriminada, sem avaliar os nutrientes que o compõem e a importância destes para o bom funcionamento do organismo.

Os alimentos são compostos basicamente por macro e micronutrientes. Macronutrientes são aqueles nutrientes requeridos em maiores quantidades. São proteínas, gorduras, carboidratos, fibras e água. Estes são responsáveis pela formação dos tecidos e fornecimento de energia ao organismo. Os micronutrientes são aqueles exigidos em quantidades menores, como as vitaminas e sais minerais. Sua presença é vital, pois controlam a absorção de oxigênio, eliminação do gás carbônico, transformação e absorção dos alimentos, excreção das toxinas, inibição das moléculas que causam danos às células, entre outras atividades. Quanto estes nutrientes não são oferecidos diariamente ou não são disponibilizados nas quantidades necessárias, o organismo não funciona adequadamente e começa a surgir patologias.

Aumenta a cada dia o número de pets obsesos e também daqueles que, mesmo estando com peso normal, apresentam carências de vitaminas e minerais. A falta destes nutrientes ocorre pelo oferecimento predominante de alimentos pobres em micronutrientes, como sementes, frutas cristalizadas, arroz, pão e bolachas , além de rações mal balanceadas ou sem enriquecimento vitaminico e mineral. Alimentos pobres em vitaminas e minerais ou com excesso de gordura podem ser apetitosos aos animais, que demonstram satisfação ao recebelos. Porém a oferta frequente desses alimentos acarreta uma série de malefícios à saúde dos pássaros.

A carência não aparente de micronutrientes no organismo é denominada Fome Oculta. Este mal foi identificado como o problema nutricional mais prevalente e relevante do mundo, que atinge humanos e animais de estimação.

No estado de fome oculta, as vitaminas e minerais diminuem silenciosamente, sem apresentar sintomas clínicos, até evoluirem para o desenvolvimento de patologias, problemas metabólicos e depressão do sistema imunológico.

Para evitar que o estado de fome oculta se instale no seu pássaro de estimação, ofereça alimentos de qualidade, corretamente balanceados para atender as necessidades nutricionais específicas da espécie. Esses alimentos devem conter as quantidades corretas de macro e micronutrientes exigidas, pois tanto a falta como o excesso de nutrientes debilitam o organismo.

--
Fonte: Jornal Informativo Alcon - Março 2011 - nº 19

Nenhum comentário :

Postar um comentário