terça-feira, 17 de maio de 2011

Criatório Pulz

Terça-feira, 17 de maio de 2011


Dando sequência as entrevistas com criadores de Trinca-Ferro, apresento a vocês Roger Pulz, proprietário do Criatório Pulz situado na cidade de Novo Hamburgo - RS.  Além de criar Trinca-Ferros Roger tem tido sucesso na criação de outras espécies como azulão, canário-da-terra e coleirinha.

Confiram na integra a entrevista. Tenho certeza que irá agregar muito valor e conhecimento a todos nos leitores.

TFV - Conte-nos um pouco da sua história e há quanto tempo senhor cria pássaros?
RPCrio pássaros desde que ganhei meu primeiro canarinho do meu padrinho, um belguinha pintado muito cantador, cantava de tudo jõao de barro, pardal, a sim belga também. E de lá pra cá a paixão por pássaros só foi aumentando.

TFV - Quais espécies alem do Trinca-ferro o senhor reproduz em ambiente domestico?
RP - Além do Trinca-Ferro, crio azulões, canários da terra e coleiros.

TFV - Qual a modalidade de competição o senhor aprecia: Canto ou Fibra?
RP - Na verdade crio apenas filhotes de pássaros que tenham fibra e coloco neles um canto bom, então se por acaso não encaixarem em torneios seu dono pode apreciar seu belo canto.
TFV - Você costuma visitar Torneios e Concursos de pássaros?
RP - Visito alguns durante o ano embora, já tenha ido bem mais em outras épocas.

TFV - Você costuma levar pássaros para competir?
RP - Raramente, o meu prazer maior esta em reproduzi-los

TFV - O que levou senhor a reproduzir o trinca-ferro?
RP - Desde que vi o primeiro trinca ferro na minha vida, adorei a ave, seu canto, disposição, fibra, valentia, tudo que existe de bom em uma ave esta no nosso querido trinca ferro, sendo assim uma ave muito versátil, que agrada tanto a quem o quer pra “Batalha”, quanto pra quem apenas quer ouvir um belo canto e ter uma ave muito dócil com seu dono.

TFV - Há quanto tempo o Senhor lida com Trinca-ferro?
RP - Que eu reproduzo trinca ferro não tem muito tempo coisa de uns 6 anos mais ou menos, mas que eu tenho trinca ferro em casa desde os 13 anos mais ou menos.

TFV - Qual a maior dificuldade que senhor teve no início da criação do Trinca-ferro?
RP - Quando era garoto o problema maior era acertar a alimentação adequada ao pássaros pois não se tinha essa diversidade de rações, farinhadas e complementos que temos hoje. Já na reprodução foi acertar o manejo e comportamento das fêmeas, pois tive que ir descobrindo tudo meio sozinho, quem sabia reproduzir não abria muito o jogo.

TFV - Como é alimentação dos trinca-ferros machos nos períodos e de manutenção?
RP - Aqui no meu criatório é a mesma alimentação o ano inteiro.Ração extrusada, farinhada, Grit mineral, osso de ciba e água limpa.

TFV - Essa mesma alimentação pode ser fornecida para pássaros de competição?
RP - Ao meu ver sim, sem problemas.

TFV - Você fornece vegetais (frutas, legumes e verduras) para os seus pássaros?Quais?
RP - Muito raramente, pois a grande maioria acredito fazer mais mal a ave do que bem, com a grande quantidade de agrotóxicos que utilizam hoje em dia. Apenas alguma coisa que possa ser colhida em uma horta em casa ou sítio estando totalmente livre de venenos. Milho verde, banana, rúcula e maçã.

TFV - Ainda Seguindo o raciocínio da pergunta acima, quantas vezes na semana são fornecidas esses alimentos?
RP - É relativo, mas em média uma vez a cada 10 ou 15 dias, levando em conta que na ração já tem tudo o que necessitam.

TFV - Como é feito o manejo das fêmeas antes do período de cria?
RP - Elas ficam em voadeiras o ano todo, tomam banho de água e sol pelo menos 2 vezes na semana, e alimentação citada acima.

TFV - Fungos, bactérias e vírus entram nos criatórios das mais diversas formas, com que frequência é feito exames parasitológicos e bacteriológicos em todos os pássaros de seu plantel?
RP - Não, nunca fiz.

TFV - Você mantém algum programa de medicação preventiva?
RP - Apenas vermífugo após a muda um polivitaminico (aminostress, labconrevitalizante, orosol, vitagold, protovit).

TFV - Como criador regularmente cadastrado no IBAMA, você tem enfrentado algum tipo de problema no relacionamento com a Autarquia?
RP - Os mesmos problemas que acredito que todos enfrentem, falta de anilha, descomprometimento por parte do órgão com o criador , essas coisas...

TFV - O sistema de reprodução do criatório é monogamia ou poligamia?
RP - Poligamia.

TFV - Quando normalmente você começa e para de criar a cada temporada?
RP - Normalmente em novembro até fevereiro.

TFV - Descreva para nós como é a estrutura do seu criatório, no que diz respeito a compartimentos da criação, ou seja, às suas instalações propriamente ditas?Os pássaros machos ficam no mesmo ambiente que as fêmeas?
RP - O criatório tem dois cômodos onde os machos e filhotes ficam e o outro as fêmeas.

TFV - No ambiente do criatório é feito controle de temperatura? Caso positivo a temperatura fica em torno de quanto graus nas diferentes estações do ano?
RP - Não, não é feito controle de temperatura nem de luminosidade, é tudo administrado pela própria natureza.

TFV - Como é feita a limpeza dos recintos?
RP - Todos os dias são lavados os fundos das gaiolas, os poleiros são trocados e desinfetados, com agua sanitária a cada 15 dias assim como cochos e bebedouros, o chão e limpo diariamente e lavado e desinfetado uma vez por semana, as paredes lavadas a cada 3 meses e a pintura refeita uma vez por ano.

TFV - Sabemos que na época de choco a umidade é muito importante, pois facilita a eclosão dos ovos. Além disso, o banho tem um papel importante na higiene das aves. Com que freqüência seus pássaros se banham?
RP - Se possível diariamente, mas no mínimo 2veses na semana.

TFV -Como é o manejo adotado na criação usando prateleiras, igual de bicudos e curiós?
RP - Mais ou menos, utilizo ganchos nas paredes mesmo, utilizo gaiolas de madeira com as seguintes dimensões 90 X 40 X 30.

TFV - Qual a distancia é mantida entre as espécies, ou que tipo de isolamento acústico é utilizado?
RP - Nenhum, ficam todas juntas e nunca tive um filhote sequer que cantasse algo que não fosse o canto de sua espécie.

TFV - Qual o critério que você utiliza para selecionar pássaros que irão compor o seu plantel?
RP - Canto bom, os pássaros tem que ter o canto próprio da espécie, disposição pra canto, eles tem que acordar e dormir cantando direto o dia todo. Retomada de canto rapidamente após a muda de penas. Fibra, eles tem que encarar qualquer disputa que sejam submetidos e velocidade de retomada.

TFV - Qual tipo de ninho o senhor utiliza de bucha ou de corda?
RP - Corda ou bucha esses bem comuns pra trinca ferro disponíveis em qualquer loja de produtos pra pássaros.

TFV - Quais alimentos você fornece para a fêmea alimentar os filhotes?
RP - Ração estrussada, farinhada, todos os dias com ovo cozido, larvas, banana, couve, milho, maçã.

TFV - Alem de uma boa alimentação vocês utilizam alguma medicação para não perder filhotes, já que no caso da criação de trinca-ferro isso acontece muito?
RP - Não utilizo nada, apenas higiene e boa alimentação, só entro com medicação se for muito necessário e ai vai depender muito do tipo de problema.

TFV - Com quantos dias você anilha os filhotes?
RP - Em média com 5 dias.

TFV - O desmame dos filhotes é feito com quantos dias?
RP - Em torno de 35 a 40 dias e de forma gradual. Após os 35 dias ficam separados da mãe pela manhã e retornam com ela a tarde, e dependedo do desempenho de cada um em se alimentar sozinhos vão sendo separados.

TFV - Os filhotes quando apartados eles continuam no mesmo ambiente que as fêmeas?
RP - Não, ficam no mesmo ambiemte que os machos.

TFV - Após os dois meses de vida quais os cuidados especiais devemos ter com os filhotes? E ate quando devemos manter esses cuidados? 
RP - A única coisa que faço é desverminar, normalmente uso avitrin vermífugo de acordo com a bula por volta dos 45 dias e depois aos 6 meses de resto é analizar o comportamento deles. O mais importante de tudo é a higiene e boa alimentação.

TFV - Você fornece alimentos vivos para os seus pássaros? (tenébrios, cupins, insetos, etc.).
RP - Apenas para as fêmeas com filhotes e somente até os 7 dias de vida. Em média umas 20 larvas por dia por filhote, e qualquer inseto que se encontre aranha, cupin, besouro, cigarra...

TFV - Qual a dica que você dá para quem quer criar trincas para participar de competições de fibra?
RP - Primeiramente respeitar seu pássaro e suas limitações, e de resto uma boa alimentação exercício e descanso na época certa e é sucesso com certeza.

TFV - Qual a mensagem que o senhor deixa para os leitores sobre o futuro da criação do Trinca-ferro em ambiente doméstico?
RP - Respeitem e amem suas aves, pois assim com certeza elas lhes trarão inúmeras alegrias.

TFV - Existe algum comentário adicional que você gostaria de fazer ?
RP -
Gostaria de agradecer ao amigo Rafael, pelo convite em responder essa entrevista, e parabeniza-lo pelo excelente trabalho que vem fazendo no blog.  Abraço a todos.



Teve alguma dúvida?! Então deixe um comentário!


5 comentários:

  1. Buenas,
    Parabéns amigo Roger,
    Também crio trinca-ferros e uso praticamente o mesmo manejo seu....ração extruzada, farinhadas e água limpa...frutas 1 ou 2 vezes por semana.
    Gostaria de saber se você tem ou já teve problemas com "pevite", que é a maior preocupação de todos que criam trincas, afinal muito se fala que este problema esteja relacionado com a alimentação oferecida em cativeiro.
    Obrigado e forte abraço.

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Não realmente nunca tive problemas com pevide, em nenhum passaro aqui..

    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. ok amigo,
    Realmente existe muito mito por trás dessa tal de pevite, mas acredito que esteja relacionado com higiene no criatório, principalmente nas gaiolas.
    Essa temporada que passou tirei bons filhotes, p/ essa próxima se não fosse esse impasse com o Ibama, estava me preparando p/ começar com frades, formei um casal com 2 filhotes dessa temporada e planeja começar com bicudos, o macho já tenho e a fêmea está reservada.
    Forte abraço.

    ResponderExcluir
  4. bom dia,tenho uma femea que ninhou e botou sem gala pois quando em gaiolas separadas pede gala quando juntos quer bater no macho,ele é de fibra trinca de roda,estou tentando de novo ela esta começando a ninhar e ando deixando os dois se observando gaiolas lado a lado,por favor poderia me passar uma dica pois sou amante dessa espécie e adoro passaros

    ResponderExcluir
  5. Onde compro um trinca-ferro com NOTA FISCAL???

    (no momento esta suspenso o cadastro de novos criadores pelo ibama)

    maiquel.fleck@yahoo.com.br

    ResponderExcluir