terça-feira, 11 de maio de 2010

Prezado Companheiro,

Atualizado em 11/05/2010

De início, esclarecemos que tomamos a liberdade de enviar esta mensagem com o objetivo comum de firmar um movimento de fortalecimento de nossa classe de criadores de espécies nativas brasileiras. Em que pese, logicamente, o trabalho que vem sendo desenvolvido pelas entidades estaduais com intenção similar. Isto porque, ultimamente temos sido alvo da insensatez praticada por setores do poder público, nos tratando indiscriminadamente como se fôssemos criminosos ambientais. A propósito, é de se ter presente que o apoiamento político é fundamental para atingirmos nossa pretensão. Tanto é que os “madeireiros”, “carcinicultores”, “extrativistas”, e demais segmentos que se envolvem diretamente com o meio ambiente, tem representantes no Congresso Nacional. Com isso, conseguem contornar da melhor forma eventuais embates com o setor público. Nos Estados Unidos, mesmo usufruindo de uma reconhecida aberração como os “subsídios agrícolas” ninguém incomoda os produtores de laranja , de milho e de algodão, porque cada um deles elege seus representantes parlamentares. Nós aqui no Brasil, somos cerca de cinco milhões de criadores, apenas 500 mil registrados - temos que, proximamente, propugnar para trazer todos para a legalidade - . O certo é que, nós podemos mas, não sabemos a força que temos se nos juntarmos em torno de um só ideal. Uma democracia funciona assim mesmo. É preciso que haja políticos comprometidos com determinados grupos de interesse para que seus representados possam exercer as atividades inerentes de forma tranqüila. Lógico que estamos nos atendo exclusivamente a interesses legítimos de nossa classe organizada. Interesse esse que está estabelecido em Lei e é reconhecido mundialmente porque exercemos um forte trabalho de conservação, movimentamos a economia, desenvolvemos o turismo, geramos empregos, rendas e vidas. Ou seja, praticamos o uso sustentado de recursos naturais renováveis. A questão do tráfico e da ação de aproveitadores não é o nosso caso, é sim, caso de polícia e de fiscalização que não é a nossa área de atuação e não queremos nos envolver nisso. Lembramos que, algumas entidades ornitofílicas já estão plenamente acordadas com esta COBRAP nesse intento e muitas outras ainda não contatadas. Dessa forma, depois de muitas discussões entre nós, chegamos a conclusão que, desta vez, teremos que nos envolver e participar de forma eficaz na Questão Política. Para tanto, precisamos mobilizar o nosso pessoal e fechar com políticos que se mostram dispostos a efetivar um pacto de apoiamento a nossa classe, independente de partidos. Em troca, deverá haver o nosso comprometimento de votar no candidato que em breve, será indicado. Um em cada estado, exclusivamente. Não podemos correr o risco de que haja dispersão dos votos e não elegermos ninguém, por isso. Se for um político forte, melhor, vamos torná-lo mais poderoso ainda. Estamos, então, tomando a iniciativa de enviar apenas e tão somente o seu endereço de “email”, selecionado a partir do site da COBRAP à assessoria do Deputado Luis Carlos Heinze para que possamos estabelecer, em seguida, uma rede de apoiamento ao trabalho dele. Vamos concitar, todas as entidades de criadores estabelecidas no estado do RIO GRANDE DO SUL no sentido que adiram de forma decisiva neste processo. Esclarecido, também que, caso o companheiro (a) não queira se envolver nessa questão, solicitamos que nos envie um “email” com a possível brevidade, pedindo a sua respectiva exclusão do movimento. Todavia, para aqueles que estejam dispostos a nos ajudar, pediríamos o obséquio de tentar incluir no processo as comunidades Orkut, Twitter, MSN, Skype, Sites/Blogs de Criadores, Grupos de Discussão, Redes de Relacionamento, Associações/Clubes que tenham alguma ingerência, bem como, os outros criadores/passarinheiros mais desinformados, suas famílias, gaioleiros conhecidos, lojas pets e empresas afins. Precisamos ter, no mínimo, uma referencia em cada cidade de todos dos estados incluídos. Faremos uma rede de comunicação online entre nós e os deputados. Pedimos seu obséquio no sentido de se comunicar com a assessoria do Deputado Heinze, email: claru@terra.com.br , objetivando estabelecer uma canal de comunicação entre nós. Na verdade, estamos ainda só em preparativos iniciais para aos poucos iniciarmos a nossa mobilização de toda a classe, após um ajustamento e acertos transparentes, inclusive da divulgação mais detalhadas de nossos acordos com os pré candidatos e do comprometimento das partes envolvidas. Iremos intensificar nossos procedimentos assim que houver o lançamento oficial da campanha para as eleições/2010. Agradecemos pela atenção dispensada, vamos à luta. Atenciosamente.

Diretoria da COBRAP

www.cobrap.org.br

Nenhum comentário :

Postar um comentário