sábado, 8 de maio de 2010

Alimentos Funcionais - Parte III

Sábado, 08 de maio de 2010

Continuando nossa série sobre estes alimentos promotores de saúde, descreveremos a atividade de alguns compostos fenólicos, substâncias presentes nas plantas, não produzidas pelos animais, que trazem inúmeros benefícos ao organismo quando consumidas frequentimente.

Flavonóides

São um dos mais importantes compostos fenólicos, encontrados largamente nos vegetais superiores. Englobam uma classe importante de pingmentos naturais, divididos em: antocianinas (pigmentos azul púrpura), antoxantinas (amarelas), catequinas e leucoantocianinas (incolores, mas que facilmente se transformam em pigmentos pardos). As duas últimas são comumente denominadas taninos.

Os taninos são utilizados, normalmente, como uma estratégia de defesa dos vegetais, pois conferem um sabor amargo às folhas e frutos, o que evita o seu consumo antes de estarem maduros. As outras  classes de pigmentos participam da fotossíntese e apresetam importantes atividades biológicas, sendo a principais: antioxidante, antiinflamatório, antibacteriana.

Nos animais estas substâncias  apresentam algumas funções essenciais à manutenção celular: inibem a oxidação de fosfolipídeos, ou seja, inibem o rompimento ou a modificação da estrutura da membrana celular; evitam a aderência dos lipídeos, livres na corrente sanguínea, às paredes dos vasos; impedem a inativação das células de defesa, os glóbulos vermelhos, e a alterações do material genético (DNA), isto é, impedem o desenvolvimento de mutações. Estas substâncias reduzem, ainda, os níveis de LDL (colesterol ruim).
Os Flavonóides são amplamente encontrados em casca de uva, em frutas como maçã e laranja, além do alho, cebola, alecrim, agrião, brócolis, repolho, espinafre e própolis.

Isoflavonas

Uma subclasse dos Flavonóides, são também conhecidas como fitoestrógeneo, pois possuem a estrutura molecular semelhante ao estrógeneo, e também  ligam-se aos mesmos receptores. Estes compostos, quando ingeridos, apresentam inúmeras ações benéficas ao organismo animal, entre elas podemos citar: antifúngica, anticancerígena (inibe a enzima responsável pela indução tumoral), antioxidante, e inibe a produção de radicais livres pelo organismo (as reaçõe metabólicas que ocorrem nos organismo animal geram radicais livres, por isso é essencial a complementação da dieta com antioxidantes, como Flavonóides e Isoflavonas). Também atuam com eficiência no controle das taxas de colesterol, por aumentar os receptores de LDL, o que favorece a degradação do colesterol, e estimulam a lipase hepática, enzima responsável por produzir HDL (colesterol bom) no fígado.
As isoflavonas são encontradas em abundância na soja, feijão, broto de alfafa e linhaça. A soja é um dos ingredientes mais utilizados na formulação de rações, devido ao seu alto valor protéico e ótimo balanço de aminoácidos.

--
Fonte: Jornal informativo Alcon, Novembro 2009 - nº 15, pág. 3.


LEIA MAIS:

2 comentários :

  1. DR. ANDEI LENDO A RESPEITO DO USO DA SPIRULINA NA ALIMENTAÇÃO DE AVES, GOSTARIA DE SABER A OPINIÃO DO SENHOR, E SE JÁ HA ALGUM ESTUDO PUBLICADO SOBRE O ASSUNTO.

    ResponderExcluir
  2. Olá Amigo! Da uma olhada no Grupo2trincas que tem um topico enorme sobreo assunto, ok. Abraços, Dr Felipe Bath

    ResponderExcluir