segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Controle microbiológico

Por
Aloísio Pacini Tostes
Bonfim Paulista – Ribeirão Preto SP  

Para evitar proliferação de fungos e bactérias, todos os cochos e bebedouros terão que ser semanalmente lavados e desinfetados com solução de água e cloro. Paralelamente, a cada dois dias os pisos (papel) das bandejas serão trocadas. Será mantido controle rigoroso e higiene em todos os viveiros e instalações de apoio.  Os comedouros serão desinfetados com cloro líquido em solução de 20 ml por 20 litros de água.

Os alimentos perecíveis estão acondicionados em refrigerador e as rações em quarto com temperatura controlada. O tempo de armazenamento das rações não ultrapassará três meses. Todo cuidado com a umidade e o consequente ataque de fungos e suas toxinas que são os maiores inimigos da criação. Lembre-se em dias quentes e úmidos a comida úmida tem que ser trocada a cada duas horas, senão é proliferação de fungos e suas aflatoxinas, fatal para os filhotes.


A cada oito dias serão feitas pulverizações com desinfetantes de baixa toxidade apropriados para aves (de pequeno porte) em todas as instalações para controlar e prevenir eventuais infecções e fungos, em especial. Outro condicionante importante, não adianta ter todo tipo de cuidado se o ambiente não tem aeração suficiente, o ar não se renovando fica contaminado e tudo que se faz não surte efeito.

É bom lembrar que as medidas sanitárias nas gaiolas serão muito mais rigorosas. Os poleiros são a maior fonte de contaminação e por isso tem que higienizados a cada oito dia e raspados para retirar a matéria orgânica. Anualmente, as gaiolas deverão ser repintadas e totalmente desinfetadas.

Água – Será oferecida água potável trocada todos os dias em bebedouros plásticos apropriados que serão lavados sistematicamente com água clorada e também banheira que serão imediatamente retiradas após o banho, para evitar umidade excessiva no ambiente.


--
Fonte: Lagopas - Disponível em: http://www.lagopas.com.br/painel/noticia5/detalhe.php?id=17. Acesso em: 22 de set. de 2013.

Nenhum comentário :

Postar um comentário