sábado, 23 de maio de 2015

A temperatura das aves

Por
Prof. Neto e Prof. Allan

Conheçam o Guinea Turaco, uma ave encontrada nas florestas do Senegal.


O Turaco e todas as outras aves são homeotérmicos, ou seja, mantém a temperatura do corpo constante (39°C). Na verdade a temperatura do corpo das aves sofre pequenas flutuações ao longo do dia. Estas oscilações são geralmente entre 1 e 2°C.

Uma das características que permitiram as aves serem homeotérmicas foi o surgimento de um coração com quatro cavidades. Esse coração não permite a mistura de sangue venoso (rico em CO2) com sangue arterial (rico em O2). Isso possibilita um enorme ganho de energia que poderá ser usada para manutenção da temperatura corporal.

Outro detalhe importante sobre a fisiologia das aves é quanto o seu metabolismo extremamente acelerado, sendo que a geração de calor nesses animais é mais intensa. Agora, do que adiantaria a geração de maior energia térmica se não fosse possível distribuí-la ao longo do corpo? Resposta: Não adiantaria, pois apenas parte do corpo seria aquecida. No entanto, para homogeneizar o aquecimento, o coração faz o sangue circular mais intensamente, distribuindo e repondo mais rapidamente o calor perdido através da pele. O coração de alguns pequenos pássaros chegam a bater 2000 vezes por minuto para conta deste rápido transporte de energia e nutrientes.

Uma série de fenômenos e mecanismos biológicos são contextualizações de problemas classicamente estudados em física, portanto estas duas lindas disciplinas não competem, mas sim se complementam.
Em parceria com  do Específica de Física.

--
Fonte: Biologia Total - Disponível em: http://goo.gl/XHJh6K. Acesso em 30 de jan. 2015

Nenhum comentário :

Postar um comentário